A arte de perdoar…

Perdoar não é o mesmo que esquecer… esquecer permite que haja espaço para cometer os mesmos erros. Perdoar é muito mais do que isso. Perdoar não é desistir de alguém, perdoar é colocar os olhos no céu e seguir em frente. Perdoar é saber amar depois de tudo o que aconteceu, perdoar é poder estar em paz interior e exterior. Perdoar é saber dizer que vai ficar tudo bem, mesmo que agora não esteja. Perdoar é aceitar decisões que por vezes não fomos nós a tomar.

Certamente, o perdão é algo crucial para que haja harmonia no mundo, para que se crie paz entre as populações. Para tal, é necessário, por vezes, abdicarmos da razão e de tudo o que achamos correto ou errado. É necessário compreendermos os motivos que levaram alguém a ter determinada atitude, mesmo que isso nos crie frustração e indignação.

Perdoar é uma atitude e um estado de espírito que se vai construindo e desenvolvendo com o tempo. Eu acredito que com os acontecimentos que se sucedem, isto vai tornar-se mais fácil. Todos nós já perdoamos algo ou alguém por dada situação, como quando alguém nos suja com uma bebida, isso é algo muito comum e que não nos cria muita confusão. Contudo, quando alguém nos magoa de verdade, seja física ou psicologicamente, é mais complicado do que dizer simplesmente: “Não tem problema, já passou”. O meu conselho nestas situações é perdoar imediatamente, pois não devemos plantar sentimentos negativos de modo a sermos mais felizes. Desta forma, poderemos libertar-nos de memórias menos boas e de coisas que nos incomodam.

Aqui apresento 3 simples formas diferentes de perdoar os nossos e poder viver uma vida calma e serena:

  1. Falar com a(s) pessoa(s) em causa – tentar entender os motivos pelos quais nos fizeram determinada coisa ou tiveram uma certa atitude. Isto vai nos permitir entender as intenções dos outros e constatar, na maioria dos casos, que eram boas.
  2. Simplesmente assumir que está tudo bem – para pessoas com dificuldades em esquecer determinados assuntos ou que pensam muito, esta maneira não é a mais adequada, pois irá pensar vezes e vezes sem conta. Desta forma, apenas temos de virar a página e prosseguir a nossa vida como se nada tivesse passado (assumindo que as intenções das outras pessoas eram boas, visto que a pessoa estava a passar uma fase difícil, etc.).
  3. Fala sobre isso com as pessoas que confias – falar com as pessoas mais próximas e que estão de fora do assunto, por vezes, é muito importante visto que elas tem a mente clara e não estão perturbadas pelo que aconteceu.

De tudo o que se pode reter sobre perdoar alguém, o mais importante é sem dúvida o facto de não se guardar rancor ou qualquer outro sentimento mau por alguém, pois isso vai-nos prender no mesmo lugar e vai impedir-nos de seguir em frente e com a nossa vida. A minha maior sugestão é a de sempre perdoar e não deixar nenhum assunto por resolver. Perdoar é uma arte que torna o mundo num lugar perfeito para se viver…

Obrigada por lerem e lembrem-se sempre de cultivar o amor. O amor é a magia da nossa vida… Desejo tudo de bom no mundo!

E como a música é das melhores coisas do mundo, aqui fica uma muito linda: https://youtu.be/7x8wPt8xarE

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s